Arquivo

Archive for the ‘Cultura Pop’ Category

Como ser famoso no Facebook

novembro 16, 2012 2 comentários

Ser famoso no feice. Ganhar curtir e compartilhar. Ser idiota.

Primeiramente, o que eu vou escrever aqui são coisas óbvias e que dependem apenas de uma observação do que é postado e as suas consequências. Não é nada profundo, porém é verdadeiro. E não tem como você discutir que não é. É e é, ponto.

São alguns passos simples para chegar nessa tão desejada (?) fama no Facebook (que é definida por “curtidas” e “compartilhadas”). E tudo isso se resume em ser idiota e burro. Isso mesmo. Idiota e burro. Palavras fortes, eu sei. E não é culpa da rede social Facebook, e sim dos seus usuários. Como as pessoas podem falar mal do orkut sendo que elas usavam o orkut? Uma rede social é formada por nós mesmos, logo, a culpa é nossa, não do site orkut.

Enfim, vamos lá.

1) PESSOAS FAMOSAS E CITAÇÕES ALEATÓRIAS BONITAS

Uma frase bonita e todos vão te amar. Se for de famoso, agora além da frase ser bonita, tem mais respeito por ter sido feito de um famoso, afinal, todos vão pensar que a pessoa chegou lá por mérito,  porque sabe da vida e bla bla bla.

Então escolha o seu artista, coloque uma frase bonita (de qualquer autor, afinal, ninguém vai conferir se é dele mesmo) e coloque isso em uma fonte importante e clássica.

Essa frase nem é do Will Smith. Mas ele tá ali, de braços cruzados dando um leve sorriso e quase olhando de soslaio. Pedindo pra que escrevam uma mensagem bonita ali naquele fundo preto. E nego dá “curtir” nisso como se não houvesse amanhã.

No outro dia até falam “WILL ESMITE É DEMAIS CARA OLHA O QUE ELE FALOU GÊNIO AMO MALUCO NO PEDAÇO TIO FIOU”

Mas qualquer um faz essa merda.

2) CURTA X SE VOCÊ É A E COMPARTILHE Y SE VOCÊ É C

Esse aqui é um câncer da internet. Nego cria uma coisa que te deixa sem saída (caso você realmente se sinta preso por isso) e te faz, naturalmente, clicar no “curtir” ou “compartilhar“. Pode parecer um modo de descobrir algo sobre a pessoa, mas esse tipo de coisa pode variar em vários níveis, podendo até se resumir na pergunta “CLIQUE EM CURTIR SE VOCÊ ACHA QUE A GALINHA NASCEU PRIMEIRO OU COMPARTILHAR SE VOCÊ ACHA QUE O OVO NASCEU PRIMEIRO”. Ridículo demais, puta que pariu.

(bônus se for feito em Comic Sans, a fonte da derrota)

Aí nego leva as mãos à cabeça e pensa “SENHOR DEUS JESUS AMADO, DEIXA EU CLICAR LOGO NOS DOIS PORQUE AÍ NÃO SOU PECADOR”.

Não tem como isso ser uma coisa legal. Uma coisa que te faz pensar “OLHA SÓ, ESSE CARA É MEU AMIGO PORQUE ELE REALMENTE ELE É LEGAL. ELE ACABOU DE ME PROVAR ISSO FAZENDO ESSA IMAGEM BACANA NO PAINTE”. Dá vontade de matar o animal.

Pra mim, esse tipo de coisa se resume nisso:

3) ESSAS PESSOAS FIZERAM ISSO DENUNCIEM!!!!!!!

Apesar de alguns terem causa nobre, denunciar abuso de alguma coisa e mostrar a imagem da agressão (muitas vezes algo nojento ou grosseiro para muitas crianças que usam o FAEICY) não é muito produtivo e nunca dá em NADA. Às vezes nem é real, seus tolos.

Uma vez lembro de denunciarem 2 homens que matavam cachorros com a mesma imagem que eu tinha visto há, sei lá, 2 anos. Os caras hoje em dia ou já foram pegos ou estão em Acapulcos tomando batida de morango.

4) SEJA GOSTOSA E TIRE FOTOS SEMI NUA.

Bônus se falar na foto “como tô feia 😦” pra ganhar os comentários do tipo  “QUE NADA, VOCÊ TÁ LINDA!”, coisa que tinha desde do orkut.

5) ZOE UM TIME DE FUTEBOL

Realmente às vezes a criatividade é divertida e criam imagens geniais, com comparações muito engraçadas. Mas na maioria das vezes não passa de viadagem e encheção de saco. E depois começa aquelas discussões de futebol que parece coisa de alguém com mentalidade de 6 anos. Sério, amigos, parem com isso: isso NÃO é a graça do futebol e isso não vai adiantar nada na sua vida.

E é basicamente isso. Fazendo 1 ou mais dos itens acima você com certeza garantirá a fama total no Feicee.

Aliás, não sei como alguém ainda pode falar mal do orkut se ainda tem tanta coisa pra falar do Facebook.

E uma última coisa, amiguinhos: PAREM DE FALAR “”””””””F E I C E”””””””””

Legendas

janeiro 4, 2011 2 comentários

O MUNDO DOS HOMENS SUCUMBIRÁ, BROTHER GANDALF.

Ultimamente eu venho percebendo como eu perco o conteúdo visual do que eu estou assistindo vendo as legendas.

Se você chegar num grupinho pseudo-cult e falar que filme dublado é melhor do que legendado, provavelmente você será xingado de diversas formas. Em 90% dos casos filme dublado é terrivelmente ruim, eu concordo. Mas há um problema.

Antes de me xingar, eu quero dizer que prefiro os filmes/séries/vídeos/etc legendados – na maioria dos casos o som é em inglês e eu preciso treinar inglês. Porém, você – que se diz o rei das legendas e que não aceitaria de forma alguma ver um filme dublado – sofrerá FORTEMENTE ao saber que você se fode vendo um filme de ação legendado.

O filme não para de passar enquanto você lê a legenda.

É certeza que você vai perder conteúdo do que está vendo enquanto lê a legenda por mais que a sua visão ENGLOBE todo o filme. Exemplo de Transformers 2: um filme que é difícil ver até dublado devido às diversas cenas de ação feitas extremamente rápidas. De repente começou uma gigantesca batalha no filme quando de repente um diálogo aparece. Você tira os olhos da cena pra ler o que está acontecendo. Por mais que você faça isso sem sequer perceber e na velocidade mais rápida que você pode assimilar, num filme de ação, 0,3 milésimos mudam tudo.

Se com um diálogo você perde visual, imagina com uma narração da história enquanto mapas e acontecimentos importantes aparecem na tela. Como em O Senhor dos Anéis I: A Sociedade do Anel.

Essa cena mostra a chegada de Sauron – um carinha da pesada buscando muita confusão – à região. Lendo a legenda muito rápido você não vai ver essa cena direito. Mesmo se ver, só vai saber que é Sauron na cena seguinte em que ele aparece por inteiro, sem legendas.

E não, eu não leio devagar. Inclusive, se você ler legendas muito rápido vai ultrapassar a fala do personagem e CLICHEAR o filme, já sabendo o que ele falou antes mesmo de ele terminar de falar. Isso, em filmes de comédia é frustrante (leia você rir da piada antes mesmo do cara falar)

Se você está negando o que eu estou escrevendo com a sua mente, faça o teste de ignorar as legendas E VER O MALDITO FILME e então voltar a ler as legendas e perceber que está perdendo conteúdo visual.

Eu percebi isso quando fui assistir a série FRIENDS sem legenda. Como estou acostumado a ver a série pela Warner todos os dias com legenda, quando vi sem legenda, meus olhos olhavam pra baixo, buscando os textos amarelos. É muito estranho poder olhar pro personagem que está falando. Parece que fica faltando alguma coisa pra fazer enquanto assiste.

Ah, outra coisa que eu percebi. Talvez isso não funcione com todos, mas, quanto menor a legenda, pior. Tudo bem que quanto mais imagem e menos texto melhor, mas na prática, você vai ter que olhar mais pra baixo ainda na hora de ler, perdendo mais conteúdo ainda.


Ao ler a legenda pequena você vai ignorar totalmente o que está em cima da porta ou a cabeça do Sheldon e a do cara que eu esqueci o nome. Ah, é Leonard.

Em nível de prioridade, eu coloco: 1) ver legendado; 2) ver dublado e 3) ver sem legendas. Ver dublado porque há certas casos em que a dublagem fica deveras melhor que o original.

O que fazer, então ? Aprenda inglês – ou a língua do que você estiver vendo – e mande as legendas pra puta que o pareo. Eu ainda vejo com legendas porque ainda há muita coisa no inglês que eu preciso aperfeiçoar e em alguns casos onde a dublagem brasileira é nojenta.